#Conceitos

Arquitetura - O que é e porque é importante?

A arquitetura é uma atividade que utiliza vastos conhecimentos, com a finalidade de procurar a melhor solução para o espaço a projetar. De forma genérica, faz a interligação das dualidades espaço público/privado, bem como, a forma/função e estética/conforto. Continue a ler o artigo e saiba mais…

20/01/2023

artigo-5-arquitetura_arquitetura

Contexto histórico

A Arquitetura, de uma forma simples, poderá entender-se como a idealização de espaços para a vivência humana.

Na sua origem, sem definição de data precisa, dedicava-se à procura de espaços com características de proteção face aos elementos mais agrestes da natureza, como árvores e grutas naturais. Numa primeira fase, consistia na transformação desses mesmos espaços e posteriormente na reprodução de espaços com as mesmas características, em locais selecionados, utilizando folhas, ramos, troncos e pedras.

Com o aparecimento de novos materiais, técnicas e ideias a evolução foi contínua. Historicamente, a figura do arquiteto como  profissional terá tido início na antiguidade clássica, com os primeiros estudos e tratados de arquitetura sendo a obra de Vítruvio a mais conhecida.

Após um período de anonimato dos autores das obras arquitetónicas, entre a queda do Império Romana e o final da Idade Média, com o advento do Renascimento, o autor da obra arquitetónica vai retomando importância crescente até à definição institucional dos nossos dias.

A arquitetura contemporânea é uma atividade que utiliza conhecimentos de uma grande variedade de disciplinas integrantes de áreas de estudo desde a artística, onde a própria arquitetura se insere, até às ciências exatas e sociais; com a finalidade de procurar a melhor solução aos objetivos e necessidades do espaço a projetar. Onde de uma forma genérica se procura a melhor interligação nas dualidades espaço público/privado; forma/função e estética/conforto.

Principais ramos de especialidade

Na atividade de arquitetura podemos encontrar ramos especializados que procuram responder a situações específicas na área da construção.

Urbanismo

Arquitetura de grande escala onde se planificam áreas do traçado urbano desde conjuntos de edifícios inseridos em aglomerados, como a Baixa Pombalina ou o bairro dos Olivais em Lisboa, ou mesmo de uma cidade completa como Brasília no Brasil.

Paisagismo

Arquitetura do espaço exterior onde a biologia é uma disciplina fundamental.

Reabilitação

Assume uma importância crescente em dois aspetos fundamentais: Reabilitação museológica de edifícios ou conjuntos de edifícios considerados relevantes historicamente e a Reabilitação habitacional com vista à melhoria das condições de salubridade e habitabilidade de edifícios antigos e/ou degradados.

Naval e Aeronáutica

Têm como atividade principal as obras que se destinam à exploração das potencialidades do mar e do espaço.

Existe ainda uma colaboração indispensável com as diversas especialidades de engenharia, onde a componente científica adquire uma importância quase exclusiva.
Arq. Pedro Carvalho

Os projetos Metathesis têm uma forte componente de arquitetura e engenharia. O arquiteto Pedro Carvalho é responsável por grande parte dos nossos projetos.

A nossa colaboração teve início no ano de 2004, continuando regularmente até aos dias de hoje, consistindo essencialmente na reabilitação e remodelação de edifícios e espaços habitacionais.

Consoante as especificidades e objetivos a concretizar, utilizamos os conhecimentos de profissionais nas diferentes áreas, desde a procura e aquisição do espaço, passando por todo o processo de intervenção, projeto e obra, até à fase final de exploração ou alienação.

“menos é mais” (Mies van der Rohe) e “menos é chato” (Robert Venturi)Não creio que a escolha tenha de ser entre o minimalismo e a exuberância. Talvez a solução esteja no compromisso entre os dois conceitos. Ou talvez não…