#Sustentabilidade

LiderA - Sistema de avaliação da sustentabilidade

Os projetos Metathesis têm em consideração o sistema de avaliação da sustentabilidade (LiderA) – que orienta o ambiente construtivo, através de medidas de melhoria, que resultam em projetos de construção mais sustentável.

26/10/2022

Sistema de avaliação da sustentabilidade

O LiderA, acrónimo de Liderar pelo Ambiente para a construção sustentável, é a designação de um sistema de avaliação da sustentabilidade português que, através dos seus princípios e critérios de avaliação, permite apoiar a procura, avaliação e certificação da sustentabilidade dos ambientes construídos (edifícios, zonas urbanas, empreendimentos, materiais e produtos) desde as fases de projeto e construção até à de operação.

O sistema resulta dos trabalhos de investigação, consultoria e projectos sobre sustentabilidade na construção e ambientes construídos, efetuados desde 2000, que levaram à sua publicação em 2005 e em 2007 às primeiras certificações.

Principais objetivos do sistema de avaliação da sustentabilidade - LiderA

De forma resumida, o sitema LiderA, disponibiliza estrutura, orientação e assessoria para atingir, de forma eficiente, a sustentabilidade – quer seja em fase de projeto, construção, operação ou reabilitação

Apoiar o desenvolvimento

de planos e projetos que procurem a sustentabilidade.

Avaliar e posicionar o desempenho

na fase de conceção, obra e operação, quanto à procura da sustentabilidade.

Suportar a gestão

na fase de construção e operação.

Certificação por marca registada

através de verificação por uma avaliação independente.

Instrumento de mercado distintivo

para os empreendimentos e clientes que valorizam a sustentabilidade.

Esta avaliação assenta num conjunto de seis princípios de bom desempenho ambiental, sendo eles:

Sistema de avaliação da sustentabilidade esquema

Categorias da avaliação da sustentabilidade

A avaliação categoriza o desempenho de G a A (até A+++).

nível E representa a prática atual (ou de referência) e o nível A corresponde, em muitos critérios, a um desempenho cerca de 50% superior ao nível E, sendo o nível A+ um Fator 4 (75 % superior ao nível E), o nível A++ um Fator 10 (90 % superior ao nível E). 

Em casos excecionais pode ser atribuído o nível A+++, representativo de um estado regenerativo.

Sistema de avaliação da sustentabilidade - categorias energéticas
Metathesis_Abril-21

Tendo em mente a sustentabilidade do ambiente construído, o desenvolvimento dos projetos da METATHESIS e a sua implementação, tem em consideração as medidas de melhoria que resultam da aplicação dos programas de sustentabilidade do sistema de certificação voluntário LiderA.

Os projetos da METATHESIS valorizam e procuram intervir tanto quanto possível e especialmente nos programas de sustentabilidade no âmbito da organização territorial, valorização ecológica, serviços dos ecossistemas, valorização da paisagem, desempenho passivo, sistemas energéticos eficientes, gestão do carbono, uso ponderado de água (atendendo à eficiência hídrica dos equipamentos e sistemas), gestão da água local, durabilidade dos ambientes construídos, contributo para a produção alimentar local, gestão do ruído, das emissões atmosféricas e de outras cargas ambientais, qualidade ambiental, resiliência, mobilidade ativa, espaços inclusivos, flexibilidade e complementaridade de usos, contributo para o bem estar comunitário, amenidades amigáveis, baixos custos no ciclo de vida, gestão da informação para atuação sustentável, manutenção e gestão para a sustentabilidade.

Acompanhe as novidades: